Extraterrestres e santos on-line

Volta e meia o Portugal Diário presenteia-nos com verdadeiras pérolas na secção “Acredite se quiser”. Um homem pretende processar o estado alemão por ter sido raptado por extraterrestres. Um website dedicado a Frei Galvão afirma realizar milagres on-line. Dá para rir? Dá. Mas também dá para ficar preocupado.


No primeiro caso, um homem de 23 anos afirma ter sido raptado por uma nave em forma de cruz e depois de sujeito a experiências dolorosas que envolveram agulhas nos genitais, foi “nomeado” intermediário dos extraterrestres. Depois desta experiência e, sem dúvida por instruções dos seres de outro planeta, decidiu tomar banho numa fonte da cidade e andar de bicicleta completamente nú. Cá para mim, estes extraterrestres devem ser produtores de algum programa de televisão que goza com os terrestres. Naturalmente, este homem foi encaminhado para um hospital psiquiátrico. Mas eis quando um advogado decide processar a cidade alemã, por não proteger os seus cidadãos deste tipo de raptos. Que o seu cliente não devia ter sido internado devido a ET, já que a lei não o prevê. E ainda vai afirmando que desde 1961 já ocorreram milhares destes raptos.
Pois…Lamento sr. Larek, mas parece-me óbvio que o seu cliente foi internado por demonstrar comportamentos indiciadores de perturbação mental, não de raptos de ET. Que a lei não preveja raptos por ET parece-me lógico. Os legisladores certamente terão outras coisas com que se preocupar. Quanto aos milhares de raptos…Nunca nenhum deles foi provado cabalmente, cientificamente. E, de resto, parece-me difícil que uma civilização ET tão avançada que é capaz de viajar pelo espaço sideral ainda precise de agulhas para fazer testes e, mais que isso, que permita que a cobaia se lembre da experiência.
Estes raptos por ET são apenas uma construção imagética das pessoas, que geralmente ocorre durante a noite, sendo muito provavelmente sonhos muito vívidos. Antes existiam demónios, íncubos, anjos e coisas que tal, que nos visitavam durante a noite, agora são os extraterrestres. Repare-se que muitas destas visitas de seres extra-fisicos envolviam violações e situações sexuais. Isto explica-se pela cultura popular. Antes muito ligada a estas figuras esotéricas, por influência da religião e crenças mais ou menos religiosas, agora muito mais influenciada pelos filmes norte-americanos de ficção científica e, paradoxalmente, pelos avanços da ciência que permitiram ao ser humano aventurar-se fora do planeta Terra. Diz o sr. Larek que existem relatos desde 1961 deste tipo de raptos. Naturalmente não tem relação nenhuma com o facto da exploração espacial humana se ter iniciado mais ou menos nessa altura…E, curiosamente, tanto os demónios como os ETs parecem ter um interesse muito sexual acerca de nós. As nossas pulsões sexuais, frustrações ou desejos são parte do que é ser humano. Disso depende a sobrevivência da espécie. Não me espanta que o sexo ou que os receios mais inconscientes relacionados com o sexo sejam parte das nossas noites e dos nossos sonhos. Mesmo que isso envolva ETs ou demónios. São sonhos.
Quanto ao santo on-line, o “milagre” descrito não tem nada de milagre. Uma mulher foi ao médico que lhe disse que ela tinha um tumor, que suspeitava ser maligno, que era necessário fazer uma biopsia. Repare-se que não lhe disseram que era maligno ou benigno. Apenas que havia uma suspeição. A mulher foi ao site várias vezes, acendeu umas velas e , milagre, no dia em que recebeu os exames, estes caíram ao chão e afinal o tumor era benigno. Milagre? Não me parece. As coisas caem ao chão. Basta estarem mal pousadas numa superfície e deixar a gravidade actuar. Ou deixar uma janela aberta. Quanto ao tumor ser benigno, ainda bem. Foi para saber se era ou não que foi feita a biopsia. Milagre mesmo era um tumor maligno tornar-se benigno. Mas o mais grave é que este site disponibiliza uns comprimidos, supostamente milagrosos. Aqui já se passa da fé para o crime. Se dão mesmo comprimidos, fazendo-os passar por medicamentos, este site deveria ser imediatamente encerrado. O desespero das pessoas é tão grande nestas situações que podem mesmo interromper tratamentos médicos para tomar pílulas milagrosas. Tipicamente, se acreditarem o suficiente, sentem melhorias físicas, mais energia, menos dor. Mas não é dos comprimidos! São as endorfinas a actuar. Quando estas voltam aos valores normais, volta a dor, por vezes com consequências graves pois interrompeu-se o tratamento médico.
Dá para rir? Já não sei. Estas duas histórias revelam que a crendice pseudo-científica pode ter consequências graves. O alemão pode não ter o tratamento psiquiátrico de que precisa. A mulher do milagre podia ter interrompido o tratamento médico. E outras pessoas, ao lerem estes relatos acriticamente, podem tomar decisões muito negativas.
Como dizem os cépticos destes “fenómenos”, mantenha a sua mente aberta. Mas não deixe o seu cérebro cair.

Publicada porVictor Silva à(s) 23:59  

1 comentários:

renata amarante disse... 1 de dezembro de 2009 às 02:50  

Adorei o texto. Tais relatos estão cada vez mais comuns, e isso realmente é preocupante. Abçs.

Enviar um comentário

Blogger Template by Blogcrowds

 
Technorati Profileblogaqui? Directory of Psychology Blogs Blog Directory
Who links to me?