Robbie Williams, Aborto e Psicólogos

Robbie Williams decidiu internar-se para tratar uma depressão, que parece envolver também uma dependência de medicamentos. Discute-se se o aconselhamento a quem pensa fazer um aborto será obrigatório ou não. Psicólogos. Que terão estas 3 coisas a ver consigo?



Ninguém está livre de vir a ter problemas psicológicos. O cantor Robbie Williams, cheio de sucesso, de dinheiro, de milhares e milhares de pessoas em adoração noite atrás de noite em cada concerto, terá desenvolvido uma depressão após o abuso de cocaína e ecstasy e agora estará dependente de medicamentos. Serão o abuso de drogas e de medicação as únicas razões para entrar em depressão ou será que o contraste entre ser adorado por milhões quando se acha que não se presta para nada (como o próprio já referiu) estará a contribuir para o seu sofrimento? Só ele o poderá descobrir. Tem dinheiro suficiente para se internar numa clínica e ter acesso aos melhores cuidados de saúde mental. Nem gosto da música dele, mas espero que se recupere.
Discute-se se as pessoas que pretendam fazer um aborto deverão ou não ser obrigadas a ter aconselhamento. Deverá o estado português apenas pagar o aconselhamento prévio, caso se opte por essa obrigação (custa-me aceitar a obrigação de aconselhamento, mas acho que este deverá estar disponível para quem o deseje) ou será que deve pagar também um acompanhamento que ajude a mulher (e a família, se for caso disso) a lidar melhor com uma situação que é, embora em graus diferentes, sempre traumática?
Você. Você divorcia-se. Morre alguém da sua família. Tem problemas com o seu conjugue. Tem uma depressão. Tem ansiedade. Acontece-lhe uma destas coisas, que escolhi de uma lista infindável de situações que podem causar sofrimento psicológico, desespero. Não tem dinheiro para pagar um psicólogo particular. Ou então os custos são muito elevados (a psicoterapia, e falo enquanto psicólogo, é uma coisa cara). Será que, se desejar, se achar que falar com um especialista do funcionamento humano o pode ajudar, poderá recorrer a algum serviço público?
Existem psicólogos em alguns centros de saúde, poucos e geralmente com listas infindáveis de espera. Em hospitais, idem. Nas escolas, menos ainda, por vezes dando apoio a diversas escolas e com tantas funções (orientação vocacional, apoio a professores, etc, etc) que às vezes, mesmo querendo, não há possibilidade de atender todas as crianças ou adolescentes necessitadas de apoio psicológico.
Eu sou suspeito. Afinal, sou psicólogo. Mas na nossa sociedade moderna, com as suas exigências constantes e quando a OMS aponta as perturbações psicológicas, e entre estas, a depressão, como um dos maiores problemas de saúde actuais, custa-me saber que existem imensas pessoas (mais do que você pensa) que poderiam beneficiar de apoio psicológico mas pura e simplesmente não têm acesso a ele.
A questão dos custos da contratação de psicólogos é importante (afinal de contas, são ordenados que se pagam). Mas nada pode pagar o bem estar de uma pessoa em sofrimento. Que às vezes pensa até em suícidio como a única solução. E resta saber se estes custos de investimento não compensarão os seus benefícios. Menos baixas psiquiátricas. Aumento da produtividade (quando se está triste, consegue-se trabalhar?). Melhoria do desempenho escolar. Etc. Etc.
Não sou daqueles que considera que os psicólogos são a panaceia para tudo, longe disso. Enquanto profissional, já tive os meus casos de sucesso e os meus casos de insucesso. Afinal, lidamos com a natureza humana, talvez das coisas mais complexas deste universo.
Mas de uma coisa tenho a certeza: O Robbie Williams, a pessoa que vai abortar ou abortou, você que pode vir a estar em sofrimento psicólogico, deveria ter acesso gratuito (ou comparticipado pelo estado ou pelas seguradoras) quando necessitado do apoio destes profissionais.

Publicada porVictor Silva à(s) 23:31  

1 comentários:

Hugo Jorge disse... 11 de outubro de 2007 às 19:31  

Gostei de visitar este blog.

Enviar um comentário

Blogger Template by Blogcrowds

 
Technorati Profileblogaqui? Directory of Psychology Blogs Blog Directory
Who links to me?